Instituição

  • História
  • Missão, Visão e Valores
  • Organograma
  • Orgãos Sociais
  • Documentos Institucionais

O Centro Social Cultural e Recreativo Arvorense, com sede na Rua de Loureiro nº 100 Freguesia de Árvore, Concelho de Vila do Conde, foi fundado a 07/06/1975, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, que se encontra registada na Direção-Geral da Segurança Social no livro das Associações de Solidariedade Social, fls e verso sob o nº 84/81 em 03/11/1981, tendo adquirido automaticamente a natureza de pessoa coletiva de utilidade pública, goza das isenções fiscais previstas nos artigos 1º e 2º do referido Decreto-Lei nº 9/85 de 9 de janeiro.

A fundação desta Associação, deve-se à iniciativa de um Grupo de Jovens que após o 25 de abril de 1974,que lutavam por um espaço onde pudessem desenvolver as suas atividades Culturais, e Recreativas, nomeadamente Teatro Amador, que era realizado no salão Paroquial da Freguesia de Árvore, o qual não tinha as mínimas condições desejadas para o efeito.

Como existia o prédio onde ainda hoje desenvolvemos as nossas atividades, que estava devoluto, com um aspeto de abandono, o Grupo de Jovens decidiu que este prédio poderia satisfazer os seus anseios.

Viviam-se momentos de euforia após o 25 de Abril de 1974, onde tudo se podia fazer sem qualquer impunidade e assim estes Jovens optaram por se instalarem neste espaço até 03/08/1983, data em que foi celebrado um contrato de arrendamento com Senhorio, (Santa Casa da Misericórdia do Porto.)

Com este problema do prédio resolvido, o Grupo de Jovens começou a trabalhar para desenvolver as suas atividades Culturais, sem nunca esquecerem a vertente Social, sabendo das reais carências de muitos Pais, que queriam trabalhar e não tinham onde deixar os seus filhos.

Assim, para resolver esta situação de carência dos Pais,foram feitas obras de ampliação e adaptação neste prédio com esse objetivo e assim nasceu esta Instituição de Solidariedade Social, que teve o apoio das pessoas desta Freguesia, com Valências de Creche para 25 crianças, um Jardim de Infância, para 85 crianças, com acordos de cooperação com a Segurança Social do Porto, estes números na altura, hoje a Creche tem acordo de Cooperação para 35 crianças e o Jardim de Infância, apenas tem acordo para 56 crianças, o A.T. L. hoje C.A.T.L. só foi celebrado acordo a 28/09/1992 para 25 crianças.

A partir daí, o Centro Social Cultural e Recreativo Arvorense, passou a ter como principal Atividade o Jardim de Infância “O Fruto” para além das Atividades Culturais e Recreativas e onde o Desporto também faz parte dos nossos objetivos.

MISSÃO:

O Centro Social, Cultural e Recreativo Arvorense – Jardim de Infância “O Fruto” tem como missão prestar serviços nas Respostas Sociais de Creche, Jardim de Infância e CATL, de modo a promover o desenvolvimento integral da criança, através do acompanhamento individualizado e contínuo, tendo como pilar o espírito da solidariedade social.

 

VISÃO:

 O Centro Social, Cultural e Recreativo Arvorense – Jardim de Infância “O Fruto”, no domínio da sua ação pretende:

- Fomentar um serviço de cooperação em trabalhos de equipa, valorizando as contribuições individuais;

- Contribuir com respostas sociais certificadas e qualificadas para a prestação de um serviço de referência na comunidade envolvente;

- Melhorar a eficácia dos colaboradores proporcionando ocasiões programadas de formação;

 

VALORES:

O seu compromisso principal é para com a defesa dos direitos das crianças, assente nos seguintes valores:

- Cidadania;

- Compromisso com o cliente;

- Confiança;

- Eficiente e excelência;

- Espírito inovador;

- Espírito positivo;

- Ética;

- Exemplo de boas práticas;

- Humanização;

- Inovação

- Justiça;

- Profissionalismo;

- Progresso;

- Qualidade;

- Respeito;

- Responsabilidade;

- Responsabilidade social;

- Transparência nos procedimentos;

Assembleia Geral:

Presidente Luís Filipe Campinho Santos

1ª Secretária Ana Catarina da Silva Marques

2ª Secretária Manuela Maria Cruz Lopes

 

Direção:

Presidente Avelino Nogueira Severino

Vice-Presidente Maria José Neves Silva

Secretária Cristina Maria Oliveira Silva Marques

Tesoureiro Joaquim Marinho Teixeira

1º Vogal Joaquim Maria Maia Batista

2º Vogal Paulo Sérgio Jesus Marques

3º Vogal Fernando da Costa Vieira

 

Conselho Fiscal:

Presidente Miguel Azevedo Ramalho

1º Secretário Vítor Marques

2º Secretário José Carlos Andrade Nogueira

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a utilizar o website, assumimos que concorda com o uso de cookies. Aceito Ler Mais